Quinta-feira, 7 de Agosto de 2008

Quando já não houver retorno...

 
 
 
A introdução de portagens diferenciadas é uma medida não prioritária, considerou a secretária de Estado dos Transportes. Ana Paula Vitorino entende que esta medida «é o limite da actuação quando tudo o resto já falhou».

A secretária de Estado dos Transportes considerou que a introdução de portagens diferenciadas e urbanas em Lisboa não é prioritária, apesar de admitir que esta é possível embora apenas em último caso.

 

No final da reunião do Conselho de Ministros, Ana Paula Vitorino admitiu que esta medida «vem em qualquer manual de mobilidade sustentável» e que até já foi aplicada em algumas cidades como em Londres.

 

Para esta secretária de Estado, a introdução destas portagens em função do número de pessoas que viajam de automóvel, noticiada esta quinta-feira pelo jornal Público, «é o limite da actuação quando tudo o resto já falhou».

 

Ana Paula Vitorino anunciou ainda que os valores limite da poluição de ar foram ultrapassados na região de Lisboa e Vale do Tejo, muito por culpa da excessiva utilização de «viaturas particulares».

in TSF

 

Eu já estava a achar estranho que um medida destas fosse levada para a frente em Portugal... Mas devia! A lógica tem de se sobrepor aos interesses de alguns e ao comodismo de muitos! Mas nós somos assim...

 

E tendo dito isto, vou apenas contar uma pequena história que presenciei hoje: Uma senhora estava estacionada no meio da via ( da estrada! ) e foi multada. Assim que viu a multa, a senhora dirigiu-se aos policias e insurgiu-se, afirmando que não haviam lugares para estacionar. O agente apontou-lhe para um estacionamento e disse que ainda lá haviam lugares. A senhora respondeu-lhe assim: Acha que eu ia deixar o carro tão longe?!

NOTA: o estacionamento referido pelo policia estava a uns 15/20 metros...

Enfim... 

 

 

publicado por sá morais às 17:13
link do post | comente aqui! | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 1 de Julho de 2008

Polo Norte poderá ficar sem gelo este Verão - especialistas norte-americanos

 

Madrid, Espanha 28 Jun (Lusa) - O Pólo Norte poderá ficar sem gelo este Verão devido ao aquecimento global, alertaram investigadores do Centro de Dados sobre Gelo e Neve dos Estados Unidos.

Segundo os cientistas, a possibilidade do gelo que cobre o Ártico derreter é de mais de 50 por cento devido à camada espessa de gelo, que durante muitos anos cobriu a região, ter vindo a derreter e ter sido substituída por uma enorme placa de gelo fino, que pode facilmente derreter com o Verão.

O aumento generalizado das temperaturas, a causa do aquecimento global, está a afectar também, e de forma grave, as regiões polares do planeta, referem os cientistas citados pelo jornal espanhol 'El País'.

Os cientistas temem agora que o desaparecimento de uma parte importante do gelo leve a outra consequência: o oceano absorva mais calor e faça aumentar ainda mais as temperaturas do clima local.

Se isto ocorresse originaria um problema no meio-ambiental, mas também político, uma vez que as nações com territórios no Oceano Glaciar Ártico poderiam aceder com mais facilidade aos valiosos recursos naturais desta zona do planeta, ainda por explorar.

HN

Lusa/fim

 

"Os grandes benefeciários depois de o planeta entrar na anarquia por causa dos alimentos, das doenças, das catástrofes naturais, das guerras, da ecónomia desaparecer, serão aquleles que estão mais perto da criação, ou seja os povos que ainda vivem na idade da pedra. Esses povos um dia evoluirão e contarão histórias de um povo mundial que quase destruiu o planeta, mas o planeta não deixou e acabou com eles ..."

 

comentário de Banzé

 

Banzé, não sei quem és, mas gostei dessa. A verdade é que a maioria dos seres humanos não se interessa por esta realidade - muitos nem fazem reciclagem porque dá muito trabalho! Gere-se a Terra como muitos gerem o dinheiro - é gastar até rebentar, sem pensar no amanhã! Ó triste raça humana! 

  

Se calhar até há interesses obscuros para que haja o degelo e possa haver a exploração dos tais recursos... Já não digo nada. Afinal, qual é esse principal recurso?? Um degelo causará muitas mortes? O que tem tido mais valor, a vida humana ou os tais "recursos"?

 

Mas acredito que a Natureza tenha processos que punir as "pulgas virulentas" que a tentam destruir - gostava é que fosse selectiva e pudesse varrer a muita merda que anda por aí.  

  

Este mundo não é nosso! È de todas as formas de vida que o habitam! E é das gerações futuras!

 

E confirmando a minha "suspeita", deixada neste post a 28 de Junho, eis que surge este artigo:

 

A região árctica do globo esconde no seu subsolo 100 mil milhões de barris de petróleo por explorar, declarou esta segunda-feira, em Madrid, um geólogo norte-americano que trabalha para o governo.

"O Árctico está praticamente inexplorado", declarou Donald Gautier por ocasião do Congresso Mundial do Petróleo em Madrid. Há 100 mil milhões de barris por descobrir no Árctico", acrescentou.

Donald Gautier declarou que em todo o mundo "pode apostar-se numa probabilidade de 50% de hipóteses de que haja mais de 500 mil milhões de barris de petróleo convencionais em jazidas que ainda não foram descobertas".

As disputas de soberania que envolvem o Árctico representam os principais entraves ao desenvolvimento destes recursos, segundo Gautier, para quem as tecnologias não constituem um obstáculo. "O verdadeiro debate, é o acesso à plataforma continental ", estima.

Cinco países com costas no oceano Árctico (Canadá, Dinamarca, Noruega, Rússia e Estados Unidos) disputam a soberania destas águas. Em Junho, o Governo canadiano cedeu os direitos de exploração de três blocos 'offshore' aos grupos petrolíferos BP, ConocoPhillips e MGM Energy .

 

 JN - 1 de Julho de 2008

publicado por sá morais às 23:34
link do post | comente aqui! | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 28 de Agosto de 2007

Sol não influencia alterações climáticas

   Um novo estudo científico divulgado terça-feira contraria a tese de que as actuais alterações climáticas estão relacionadas com as mudanças na actividade solar, que tem vindo a diminuir.

Apesar do aumento das temperaturas na Terra, o estudo publicado na revista científica da Sociedade Real Proceedings A, conclui que a actividade do Sol diminui nos últimos 20 anos.

Os cientistas responsáveis pelo estudo defendem também que o aumento das temperaturas não é determinado pelo efeito do sol em raios cósmicos, como proposto em estudos anteriores.

De acordo com esta teoria os raios cósmicos, ajudam a formação de nuvens através da emissão de pequenas partículas, em torno das quais o vapor de água pode condensar-se. Por norma, as nuvens arrefecem a Terra.

Durante determinados períodos de actividade solar, os raios cósmicos são parcialmente bloqueados pela maior intensidade do campo magnético do Sol. A formação de nuvens diminui e a Terra aquece.

Os raios cósmicos podem ter afectado o clima no passado, mas actualmente isso não acontece, defendem os autores do estudo Mike Lockwood, do Laboratório Rutherford-Appleton, na Grã-Bretanha, e Claus Froehlich, do World Radiation Center, na Suíça.

O estudo foi a forma encontrada por Lockwood para responder ao documentário exibido na televisão britânica no início do ano The Great Global Warming Swindle que colocou a hipótese dos raios cósmicos.

«Todos os gráficos que eles mostraram paravam por volta de 1980, e eu sei porquê. É porque as coisas mudaram depois daquilo», disse Lockwood. «Não se pode ignorar dados de que não se gosta», rematou.

 

 

publicado por sá morais às 00:40
link do post | comente aqui! | favorito
|
Sábado, 11 de Agosto de 2007

DiCaprio faz filme sobre Ambiente

 

DiCaprio faz filme sobre Ambiente"A 11ª Hora" lança reflexão sobre impactos da actividade humana na TerraLeonardo DiCaprio produziu um filme sobre os impactos da actividade humana no Planeta Terra. "A 11ª Hora" estreia dia 17 nos EUA, mas ainda não tem data marcada para chegar às salas portuguesas.

Já há muito tempo que o actor se dedica a chamar a atenção para as questões ambientais.

Mas, como o próprio admitiu, desta vez quis ir mais longe, produzindo uma película em que interroga "os grandes pensadores e cientistas do movimento ambiental".

Realizado pelas irmãs Leila e Nadia Conners, o documentário foi produzido e é narrado por Leonardo DiCaprio.

Admirador confesso do ex-vice-presidente norte-americano Al Gore e do documentário "Uma Verdade Inconveniente", o filme de DiCaprio trilha o mesmo caminho de sensibilização ambiental, contando com a colaboração de dezenas de cientistas.

O documentário apela ainda para uma reflexão sobre a actividade humana, e aponta pistas para um futuro de equilíbrio entre o Homem e o Sistema Terra de que é parte.

“Foi uma experiência intensa ouvir o que estes cientistas têm para dizer. É um assunto que toca a todos, e em todos os aspectos da vida”, explicou Leonardo DiCaprio

Ver, Pensar e Agir!

publicado por sá morais às 22:50
link do post | comente aqui! | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 8 de Agosto de 2007

baiji - Nunca mais...

Os baiji, golfinhos de água doce que habitam o rio Yangtze na China, podem estar extintos. Esta é a conclusão de um estudo feito pela Sociedade Zoológica de Londres (ZSL), que atribuiu o desaparecimento destes mamíferos à actividade humana, noticia a versão electrónica do El País.

A situação dos golfinhos não era investigada desde finais dos anos 90, quando a sua população contava com 13 indivíduos.

Os cientistas, que publicaram o estudo esta quarta-feira na Royal Society Biology Letters, dizem que não conseguiram encontrar nenhum golfinho baiji no rio Yangtze, o seu habitat natural, durante a investigação visual e acústica que realizaram ao longo de seis semanas.

De acordo com os investigadores, estes golfinhos são os primeiros mamíferos marinhos a desaparecer da Terra devido à falta de regulamentação da pesca. Sam Turvey, da ZSL, classificou esta extinção de «trágica» e sublinhou que «temos de assumir a nossa responsabilidade de guardiões do planeta». ( in Portugal Diário )

 

Mais uma vez más notícias da China! É vergonhoso! A eliminação total de uma espécie... Quem nos deu esse direito?! Quem deu a alguns o direito de extinguir uma espécie?! Somos deuses?! Bah! Somos apenas mais uma espécie! Nestes dias sinto vergonha de ser humano, pois não somos "guardiões", somos virus que destroem tudo onde habitam... A China, com o titúlo de primeiro país onde se extinguiram mamiferos marinhos pode ir à merda! È mais uma... A divída deles ao mundo é cada vez maior... E se os Homens não a cobrarem, espero que a Natureza o faça...

Tudo isto fez-me lembrar uma música... Porque, agora, só em livros e filmes de arquivo...

 

Seus netos vão te perguntar em poucos anos
Pelas baleias que cruzavam oceanos
Que eles viram em velhos livros
Ou nos filmes dos arquivos
Dos programas vespertinos de televisão

O gosto amargo do silêncio em sua boca
Vai te levar de volta ao mar e à fúria louca
De uma cauda exposta aos ventos
Em seus últimos momentos
Relembrada num troféu em forma de arpão

Como é possível que voce tenha coragem
De não deixar nascer a vida que se faz
Em outra vida que sem ter lugar seguro
Te pede a chance de existência no futuro

 

( Roberto Carlos - As Baleias )

 


publicado por sá morais às 20:42
link do post | comente aqui! | ver comentários (3) | favorito
|
Sábado, 28 de Abril de 2007

CANADA STILL KILLS

 

(Charlottetown, PEI, Canada – 2 April 2007) – Canada’s annual commercial seal hunt opened today, with total limits set this year for 270,000 harp seals. Canada’s Department of Fisheries and Oceans (DFO) has staggered the start dates this year, opening the hunt in the southern part of the Gulf of St. Lawrence today, while it has announced that the remainder of the gulf will be open for hunting from Wednesday, April 4, 2007. Conservationists worldwide, including experts with IFAW (International Fund for Animal Welfare – www.ifaw.org) have condemned the hunt as cruel and unnecessary.

 

Apesar dos protestos de ativistas defensores dos direitos dos animais, como o ex-beatle Paul McCartney e a atriz francesa Brigitte Bardot, a caça de focas começou no Canadá, no dia 25 de março, no gelado Golfo de São Lorenzo.

Este ano, o governo canadense aumentou a cota de caça de focas harpa (Phoca gorenlandica), de 319 mil para 325 mil. “Isso é exagerado”, afirmou Chris Cutter, ativista do Fundo Internacional para o Bem-Estar dos Animais (IFAW).

O cálido inverno deixou pouco gelo no Golfo, disse Cutter ao Terramérica, depois que sobrevoou a região de helicóptero, no dia 20 de março. “Quase não vimos focas”, contou.

As focas harpa, cujo lombo, quando adultas, se assemelha a esse instrumento musical, costumam dar à luz sobre o gelo flutuante, onde estão a salvo dos predadores de terra firme.

 

Milhares de focas jovens recebem disparos ou golpes mortais para terem, em seguida, a pele retirada. Às vezes ainda estão vivas quando são despeladas.

 

 

É esta a nossa "humanidade"? A nossa suposta "superioridade" em relação às outras espécies é justificação para todos os nossos actos, até os mais bárbaros? Espero que nunca exista uma raça "superior" à humana, mas com a nossa ferocidade...

 

publicado por sá morais às 13:13
link do post | comente aqui! | ver comentários (4) | favorito
|
Domingo, 15 de Abril de 2007

Rapidinhas

( plano Socrates Anti-Obesidade: Fominha! )

Obesos portugueses custam 500 milhões a si próprios e ao Estado. O Governo prepara-se para lançar um plano de prevenção e combate à obesidade, mas, como se vê, nem só de saúde se trata. (in DN )

Agora tudo tem lógica! Agora percebo esta politíca do governo! Se houver miséria e pobreza é para o nosso bem! Pobretes, mas alegretes ( e sem obesidade! )...

 

O Governo aprovou, esta quinta-feira, na generalidade, uma proposta que altera o estatuto do aluno dos ensinos Básico e Secundário, que visa reforçar a autoridade disciplinar dos professores e das direcções de escolas e envolver mais os pais nos assuntos escolares.

 (...) exige um maior envolvimento dos pais na assiduidade e permite que os alunos façam um exame para não chumbarem de faltas.

 

Depois andei aí pelos blogs a apalpar o pulso a esta questão e deparei logo com este comentário num blog:

 

"De JN a 13 de Abril de 2007 às 10:12
O que que pretendem? que os EE paguem multas? deve ser...é para combater o deficit.
O combate ao absentismo combate-se cativando. Porque é que os garotos faltam? porque para eles ir à escola é uma seca. É esta vertente que se terá de inverter.Como? não sei, mas tambem não sou ministro!"
 
Pagar? Não seria má ideia, caro amigo! È uma vergonha o que se gasta devido ao vandalismo nas escolas! Se houvessem multas para os EE, acrescidas ao valor do material estragado, talvez estes dedicassem mais tempo a educar os filhos. Até porque quando o menino X estraga material lá na escola, somos nós todos quem paga!
 

Cativando? Ainda vai chegar o dia em que lhes vamos pedir por favor ou pagar para irem à escola! Lá fora já se reconsidera estas teorias educativas do "professor compincha", do "facilitismo", ets... Mas por cá ainda vigora... É verdade que tem de haver motivação e que as escolas não podem ser quartéis militares, mas quando se chega ao cúmulo de se banir dos planos educativos palavras como APRENDER, algo vai muito mal - e os resultados estão à vista! Nem 8 nem 80! E o problema é esse! Passou-se do 80 para o 8... Dantes os professores davam umas botefatas nos alunos, o que estava errado, agora são os alunos que batem nos professores, o que também está errado e só demonstra o que se tem falhado em Portugal em termos de Educação. As escolas não são passatempo, nem o lugar onde os pais despejam os filhos, as escolas são lugares de EDUCAÇÃO!

 

A escola é uma seca? Agora?! Com meios informáticos, motivações e toda uma panóplia de materiais e estratégias?  O que seria então no meu tempo ou no tempo dos meus pais?! Para os miudos a escola será sempre uma seca!! Para uns mais do que outros, é certo... Mas é assim! O estudo tem de ser uma seca! No meu tempo também preferia estar a jogar à bola do que estar na sala de aulas, mas... Que remédio! Tinha de lá estar e pensar na bola depois! Como poderá não ser uma seca? Ponham os miudos o dia todo a jogar à bola, a jogar computador ou coisa do género... Assim teremos miudos felizes e, no futuro, uma geração de... perfeitos ignorantes!

 

 

( já nos faltou mais, já...)

500 mil árvores vão abaixo!

A “gravidade da situação” obriga a autoridade das florestas a rever o plano de combate do verme nemátodo que provoca a morte súbita dos pinheiros bravos. O rápido alastrar do verme já levou a Direcção-Geral dos Recursos Florestais (DGRF) a expandir, em apenas nove meses, a instalação do cordão sanitário. O corte de árvores é agora, também, obrigatório na margem norte do Tejo.
500000!!! Mais um duro golpe para a nossa floresta!

O Estado atribui entre quatro a dez euros por árvore, de acordo com a sua dimensão. Os produtores florestais garantem que o preço de mercado é superior a 50 euros.

Claro, neste país nunca se respeitou a propriedade e os bens privados... A menos que sejam de uma amigalhaço!...

A praga do nemátodo existe há vários anos na América do Norte e Extremo Oriente. Na Europa, Portugal foi o primeiro país atingido. O verme terá chegado em contentores a Setúbal. Primeiras árvores doentes foram observadas em Pegões. A falta de uma decisão que ordenasse o abate total na zona da Marateca levou a que a praga em oito anos apanhasse todo o distrito de Setúbal. Medidas adoptadas para impedir a circulação da madeira não foram suficientes. (in CM )

Aqui também não há novidades: falta de decisão, lentidão, falta de controlo, etc, etc... OK! Estamos em Portugal!

 

publicado por sá morais às 15:59
link do post | comente aqui! | favorito
|
Sábado, 23 de Setembro de 2006

VER, PENSAR e AGIR - Opiniões

Surge-me na minha mente um turbilhão de pensamentos, e uma vontade enorme de maltratar todos os que não respeitam o nosso planeta, e de começar aqui a dizer mal dos sucessivos governos em Portugal que pouco ou nada têm feito. Mas nada disso, vou tentar escrever alguma coisa que possa interessar a quem lê. Números de CO2:- 80% do aquecimento global actual é devido a este gás.- 97% do gás carbónico emitido é proveniente das nações industrializadas através da queima de combustíveis fósseis para produção de energia.- 80% de toda a energia produzida é consumida por 25% da população mundial que vive nas nações industrializadas. O principal factor pelo qual os países em desenvolvimento esperam que as nações desenvolvidas sejam as primeiras a promoverem cortes na emissão de CO2. Existe neste momento mais 30% de CO2 na atmosfera terrestre do que na época da revolução industrial.




O urso polar é um dos muitos animais ameaçado por estas alterações, períodos mais curtos de gelo vão implicar épocas de caça mais curtas o que fará com que eles fiquem mais magros, já existem estudos que neste momento mostram que eles tem menos peso corporal.

(Fotografia: Biblioteca Fotográfica da NOAA )

Os animais e as plantas devem encontrar novos locais para viver?

Há espécies que vão desaparecer na totalidade, as espécies que já habitam latitudes ou altitudes elevadas são particularmente vulneráveis, uma vez que os seus habitats poderão irremediavelmente desaparecer: espécies que já vivem no topo das montanhas não poderão migrar para altitudes superiores e então para onde irão?
Nem é preciso responder, infelizmente todos sabemos a resposta.

Já existem algumas espécies de aves e borboletas que expandiram os seus habitats, um estudo do crescimento de várias espécies de plantas na Primavera mostra que o florescimento tem sido antecipado 2-5 dias por década nos últimos 50 anos, a migração das aves na Primavera e a respectiva postura de ovos têm sido também antecipadas 2-5 dias por década, espécies que estão especificamente adaptadas a um determinado clima têm-se movido, em média e por cada década, 6 km na direcção dos pólos ou aumentado a sua altitude em 6 metros.
Para onde mais poderão mudar?
O aquecimento rápido e as alterações súbitas não dão tempo suficiente para que as espécies se adaptem de forma lenta e gradual.

Os animais e as plantas deverão encontrar um novo local para viver? Onde?
Não sei a resposta, mas gostaria de só por um dia ter poder, para que tudo isto fosse invertido, e para que o nosso planeta não estivesse tão perto do fim.
Retirado de Sonhos e Realidades
Autoria: Sininho
publicado por sá morais às 15:38
link do post | comente aqui! | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 20 de Setembro de 2006

VER, PENSAR e AGIR - Alterações climáticas

publicado por sá morais às 21:11
link do post | comente aqui! | ver comentários (1) | favorito
|

VER, PENSAR e AGIR - Opiniões

Alterações climáticas...

A passagem do furacão "Gordon" pelos Açores, prevista para esta noite, "é uma situação anómala", disse hoje o meteorologista Diamantino Henriques.
O responsável explicou que o furacão "Gordon" aproximou-se dos Açores pelo facto de ter sido absorvido por uma corrente que está a favorecer o seu deslocamento para Leste.
"Gordon", que segundo as primeiras informações perderia força e chegaria aos Açores em forma de tempestade tropical, deverá atravessar as cinco ilhas do grupo central (Graciosa, Terceira, São Jorge, Pico e Faial) como furacão.
Diamantino Henriques explicou que várias tempestades tropicais passam junto ao arquipélago açoreano, mas, em regra, desviam-se para Norte, fustigando as ilhas com menor intensidade.
O especialista prevê que as rajadas de vento de "Gordon" poderão chegar aos 170 quilómetros por hora no grupo central. A ondulação poderá chegar aos 12 metros, enquanto que no resto do arquipélago não deverá passar dos nove metros.
Lusa


Cá está uma situação que não é normal e é provocada pelas alterações climáticas que estamos a causar no nosso planeta. Ainda acham que não nos afecta???
Retirado do blog Outminder
Autor - Outminder
publicado por sá morais às 18:09
link do post | comente aqui! | favorito
|
Terça-feira, 19 de Setembro de 2006

Rapidinhas - Semana do Ambiente

O furacão Gordon deverá chegar às ilhas a partir das 18h00 locais (19h00 de Lisboa). O fenómeno está classificado na categoria 2, numa escala até 5 (ver tabela), prevendo-se que as rajadas de vento mais fortes possam chegar aos 170 quilómetros por hora no Grupo Central (Graciosa, Terceira, São Jorge, Pico e Faial) na madrugada de quarta-feira.

Portugal é um dos países da União Europeia (UE) com maior número de automóveis por habitante, ocupando o terceiro lugar de uma tabela lidera pelo Luxemburgo. Os dados foram hoje divulgados, em Bruxelas, pelo Eurostat. Segundo as estatísticas da UE - divulgadas no âmbito da Semana Europeia da Mobilidade, que termina na sexta-feira -, Portugal tinha, em 2004, 572 automóveis por mil habitantes. A média dos 25 Estados-membros da União Europeia era de 472 carros por mil habitantes. Temos mais cem carros por mil habitantes do que a média europeia!! ( E depois admiram-se do número de acidentes?!... ) Como é isto possível num país de "fundo de tabela" e em crise económica... Bem, só há uma explicação: o materialismo e a mentalidade de "novo-riquismo teso à portuguesa"... Para o portuga quem anda a pé ou de autocarro é o pelintra!

O gelo nas regiões do Árctico no Inverno está a reduzir a um nível de seis por cento ao ano, bem mais do que o 1,5 por cento por década que se registava desde 1978. Esta redução está a ter efeitos sobre os animais e pessoas que vivem na região. E não só, diria eu... Contra factos...

Um tubarão que se desloca rastejando no fundo marinho conta-se entre a cerca de meia centena de seres vivos até agora desconhecidos e que foram identificados por uma equipa de cientistas da organização Conservation International nos mares que banham a Papua ocidental, pertencente à Indonésia.

publicado por sá morais às 20:41
link do post | comente aqui! | ver comentários (4) | favorito
|

VER, PENSAR e AGIR - Opiniões

 

Não é um tema fácil .E para evitar que muitos leiam apenas as primeiras linhas, resolvi simplificar porque este é sem dúvida um dos nossos maiores problemas, se não o maior. Eu sei que os Cartoons e as piadas - eu também as coloco aqui - são mais giros. Mas, acompanhem-me durante dez minutos, ok?
-
Vamos fazer isto por pontos: O Planeta está a morrer. Os sinais são muitos. É só preciso deixarmos de ser morcegos e enfrentarmos esses sinais.
-

  • As catástrofes naturais têm vindo a aumentar a olhos vistos. Lembram-se da última? Katrina, arrasou um Estado inteiro?
  • Os especialistas são claros: enquanto não houver uma mudança na gestão dos recursos e na produção de gás carbónico, em dez anos o nosso planeta entrara num ciclo catastrófico.
  • Degelo dos pólos.
  • Alterações dos ciclos climáticos. ( já o sentimos um pouco, no inverno a chuva teima em aparecer)
  • Secas severas
  • Inundações gigantescas
  • Vagas de calor mortais
  • Propagação de Epidemias

Isto foi só para abrir o apetite porque a realidade é bem mais feia.

E nós o que podemos fazer? Pode ser pouco, mas ajuda:

  1. Nem preciso mencionar a separação do lixo, porque vá lá, todos já a fazem. Não é?
  2. Utilizar mais os transportes públicos. Ou andar a pé. Se vão ao café da esquina para quê levar o carro?
  3. Reduzir o consumo de água quente.
  4. Reduzir o tempo dos duches. Se tomam um de 30 minutos, não custa tomar um de 15minutos.
  5. Se tem uma casa com jardim, que tal plantar uma árvore para dar um pouco de oxigénio ao planeta
  6. Quanto ao atirar beatas pela janela, PLZ.
  7. Sprays em lata, os que não são amigos do ambiente. Esqueçam.

Há pequenas coisas que podemos fazer no nosso dia-à-dia, mas , é óbvio que não somos nós a tomar as grandes decisões.


O que diriam os macacos de nós? Burros! É o que diriam. Cambada de burros que sabem escrever e mexer em máquinas, mas quando se trata do Planeta, só fazem merda.

Afinal quem são os verdadeiros macacos? Querem apostar que se eles ainda mandassem no planeta nada disto seria uma ameaça?

Deus, faz um Reboot e deixa que sejam os Macacos os senhores do planeta, é que nós não temos capacidade para o fazer.

Retirado do blog: Alien's Corner

Autoria: Alien

 

publicado por sá morais às 16:34
link do post | comente aqui! | ver comentários (8) | favorito
|
Segunda-feira, 18 de Setembro de 2006

VER, PENSAR e AGIR - Portugal

Descubra as diferenças:

 

 

"Um dos grandes problemas ecológicos dos nossos dias reside no facto de que o ritmo de exploração, degradação e destruição dos recursos naturais se tornou, em muitos domínios, mais acelerado do que a capacidade da natureza para os repôr".

publicado por sá morais às 15:11
link do post | comente aqui! | ver comentários (6) | favorito
|

VER, PENSAR e AGIR - Seca

Poderá Portugal transformar-se num deserto?

"A conservação do planeta  que habitamos depende, em muito, da vontade e empenho de cada um de nós. A desertificação dos solos constitui, hoje, um problema efectivo com que nos deparamos. Sendo o solo um  substrato essencial à vida, o mesmo deve ser protegido das agressões que contribuam para a sua progressiva erosão e consequente desertificação. Assim, será, sobretudo, através de práticas agrícolas adequadas que deverá começar a preservação deste recurso."

   

publicado por sá morais às 00:07
link do post | comente aqui! | ver comentários (8) | favorito
|
Sábado, 16 de Setembro de 2006

VER, PENSAR E AGIR

publicado por sá morais às 16:02
link do post | comente aqui! | ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 15 de Setembro de 2006

Uma Verdade Inconveniente - VER, PENSAR E AGIR...

Uma Verdade Inconveniente é um documentário de 90 minutos, um apelo urgente, mas também optimista, através do qual o realizador, Davis Guggenheim, tenta alertar as consciências dos cidadãos e da classe política para os perigos do aquecimento global e para a diminuição das reservas de água do planeta. Tomando como fio condutor as conferências que Al Gore tem dado sobre o assunto, desde a sua derrota presidencial, o cineasta decidiu levar esta mensagem mais longe e a mais pessoas. Depois de, em Dezembro de 2000, Gore ter aceite a frustrante (e duvidosa) derrota, decidiu operar uma profunda mudança na sua vida pessoal e profissional. O ex-senador retomou uma antiga vocação e passou a dedicar-se exclusivamente às questões ambientais. Nos últimos anos proferiu mais de um milhar de conferências, viajando por todo o mundo, e despertando audiências para um tema que afecta toda a Humanidade. Ainda com uma postura de estado, e sempre com um guião muito bem preparado, não hesita em começar os seus discursos com declarações esclarecedoras: "Fui o próximo presidente dos EUA". Logo em seguida garante que não pretende voltar a candidatar-se, preferindo abraçar esta questão pedagógica, em prol de um futuro melhor para as novas gerações. Com uma serenidade extraordinária e com facilidade em criar empatia com o público, o ex-candidato desenha um cenário possível, em tudo semelhante ao apocalipse. Defende que, se não houver uma mudança radical na gestão dos recursos e na produção de gás carbónico, em menos de uma década o nosso planeta entrará numa dinâmica catastrófica. O degelo dos pólos, a alteração dos ciclos climáticos, com o eclodir de perturbações meteorológicas extremas, como secas severas, inundações gigantes ou vagas de calor mortais, e a propagação de epidemias são apenas algumas das consequências. Apesar disso, Gore mantém-se "optimista". Ainda estamos a tempo, acredita, de salvar o planeta. Mas, para que tal seja possível, todos temos que incorporar práticas simples no dia-a-dia - como separar o lixo, utilizar mais os transportes públicos, reduzir o consumo de água quente, regular os termóstatos, plantar árvores... - e sobretudo é necessário que a classe política reveja as suas opções. As grandes tarefas dependem sobretudo dos dirigentes políticos e devem ser adoptadas à escala mundial, defende. Al Gore continua a acreditar que a vontade política também é uma energia renovável.

Blog com preocupações ambientais e com artigos sobre esta matéria:

We Have Kaos in the garden ( Kaos/ Kaotica )

Outminder ( Outminder )

Blog dos Bichos ( Formiguinha )

Quintus ( Rui Martins )

Textos Para Tudo ( V.F.)

SOS PlanetaTerra ( Sofia Gonçalves )

Ajude a aumentar esta lista!

*  Vamos aproveitar a visibilidade do filme e vamos manter este assunto actual, continuando a lembrá-lo, mesmo quando o filme passar de "moda"! Vamos sensibilizar - VER, PENSAR E AGIR

 

publicado por sá morais às 15:49
link do post | comente aqui! | ver comentários (22) | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Maio de 2006

Rapidinhas

Três mulheres foram detidas, ontem, pela PSP de Viseu, numa rusga feita na madrugada de sábado para domingo em vários estabelecimentos de diversão nocturna no centro da cidade e arredores. Já era altura de começar a combater este virus que assolou Viseu!

Apesar de se assistir ao rápido desaparecimento da pesca enquanto actividade económica, os passeios turísticos dão uma nova vida ao porto de Setúbal. Os antigos pescadores voltam a sorrir. Já era tempo de alguns desses portugueses tão desamparados voltarem a sorrir! Mas esta não é uma solução global...

Al Gore continua a sua cruzada para alertar os americanos dos perigos do aquecimento global. Será que ele vai conseguir despertar as consciências?

O ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, anunciou esta quarta-feira no Parlamento a possibilidade do Governo não aumentar o imposto sobre os produtos petrolíferos (ISP). Reparem que ainda estamos no campo das possibilidades... Ou melhor das relatividades do dito por não dito...

As três grandes eléctricas espanholas, Endesa, Iberdrola e Union Fenosa, aumentaram os lucros conjuntos em 59,7 por cento no primeiro trimestre . Estes também!... Mas... espera aí... Não anda por aí uma crise no sector energético? Ugh?


publicado por sá morais às 12:00
link do post | comente aqui! | favorito
|
Terça-feira, 14 de Março de 2006

Matança de focas

O blog A Sombra alerta-nos para a anual chacina de focas no Canadá. "No fim deste mês, pescadores do Atlântico Norte vão invadir os bancos de gelo para matar focas bebés a tiro e à paulada, apenas para ganharem alguns dólares extra com as suas peles." O Ideias fixas junta-se a esta causa. Vá ao blog A Sombra ( ver lista de links ) e assine a petição dirigida ao PM do Canadá. Aproveite também para enviar uma carta a Fátima Lopes, protestando contra o uso de peles.

tags:
publicado por sá morais às 12:57
link do post | comente aqui! | ver comentários (4) | favorito
|

IdeiasFixas

pesquisar

 

Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
31


conversa recente

Quando já não houver reto...

Polo Norte poderá ficar s...

Sol não influencia altera...

DiCaprio faz filme sobre ...

baiji - Nunca mais...

CANADA STILL KILLS

Rapidinhas

VER, PENSAR e AGIR - Opin...

VER, PENSAR e AGIR - Alte...

VER, PENSAR e AGIR - Opin...

Ficheiros

Dezembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Agosto 2013

Janeiro 2013

Fevereiro 2012

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

tags

todas as tags

Amigos e Conhecidos

eXTReMe Tracker
We talk about everything! Visit us! Falamos de tudo um pouco! Visite-nos
Blog directory
Blog Directory & Search engine
Estou no Blog.com.pt
Blogalaxia

adopt your own virtual pet!

subscrever feeds