Terça-feira, 7 de Outubro de 2008

Este Portugal não é o meu...

De que vale tirar um curso quando se acaba a limpar o chão e as casas de banho? Esta é a pergunta que Arminda faz todos os dias quando vai para a escola. Licenciada em Português/História, continua sem ter colocação como professora e ganha a vida como tarefeira de limpeza.

 

Talvez por acreditar que, estando naquela ambiente escolar, talvez um dia volte a contactar com os alunos à frente de um quadro, em plena sala de aula, optou por ficar na escola, contrariando a tendência de muitos dos seus colegas, que «leccionam» numa caixa de supermercado,

O cancro que «desaparece» na sala de aula
Quem trata da educação especial?

Após ter concluído a licenciatura, em 1998, na Universidade Católica de Viseu, e depois de ter cumprido o estágio profissional nas duas disciplinas na EB 2/3 Dr. Azeredo Perdigão, em Abraveses (Viseu), conseguiu colocação. «Foi em 98/99, na EB 2/3 de S. Pedro do Sul, mas como foi uma substituição não tive direito a subsídio de desemprego», contou ao PortugalDiário.

Continuou a concorrer e ficou a pertencer ao grupo de português, mas como não conseguiu colocação, foi exercendo outras actividades. Chegou a ser animadora infantil num infantário privado em Oliveira de Frades, mas em 2000 decidiu mudar-se para a zona de Aveiro, tentando sempre a sua sorte nos concursos a nível nacional.

Por necessidade de subsistência, inscreveu-se no Centro de Emprego, tendo posteriormente conseguido colocação durante um ano lectivo como técnica animadora de ATL na Gafanha de Aquém, em Ílhavo. Mas, a instabilidade era enorme. Chegou a ser auxiliar de educação numa IPSS, até que em 2004 passou a exercer funções de tarefeira no Jardim de Infância de Esgueira (Aveiro). Durante quatro horas por dia, ao longo de quatro anos, auxiliou meninos com espectro de autismo.

A limpar casas de banho

O grau de degradação da profissão foi aumentando, apesar de nunca ter desistido de concorrer para o cargo de professora de português. Este ano lectivo, e após uma directriz da Direcção Regional de Educação do Centro (DREC), passou a exercer funções como tarefeira de limpeza Agrupamento de Escolas de Esgueira.

«São quatro horas por dia para limpar a escola», referiu. A indicação da DREC foi concreta: «O trabalho das tarefeiras passava a focar-se essencialmente nas limpezas, deixando o auxílio aos meninos com necessidades educativas especiais às auxiliares de acção educativa». Conclusão, apesar de ser licenciada em Português e História, está colocada numa escola para limpar salas e casas de banho.

Arminda tem um filho, necessita trabalhar, mas como não tem outro tipo de solução, aceitou este cargo. «Em relação ao curso já não existe, porque as saídas foram tantas que apenas 1% das pessoas formadas leccionam e as outras estão noutras actividades. Quanto ao meu diploma, esse está arrumado para não apanhar pó, porque até custou 25 contos. A vida continua e sorrio, porque tenho um filho e um marido maravilhosos».

 

 

"o auxílio aos meninos com necessidades educativas especiais às auxiliares de acção educativa"

Entre muitas outras coisas, decidi retirar esta frase... Quem conhece a realidade escolar, perceberá porque o fiz...

Eu também cheguei a concorrer para auxiliar de acção educativa, mas nunca fui escolhido ( sirvo para professor, mas não sirvo para... auxiliar... ) porque havia sempre o primo, o afilhado, o amigo do padre, o puta reles que os pariu que ficava com o lugar através de cunhas, mesmo que o(a) dito(a) fosse um troglodita, que nem servisse para guardar gado. Acção educativa... Pois...

Este país está transformado numa merda revoltante! Este não é o meu Portugal!

A pessoas como a Arminda só posso desejar força e paciência! Sei que é difícil engolir sapos, mas... A vilanagem que desgoverna e manobra este país e enche os bolsos à custa dos outros, terá de ter um último dia como o dos porcos! 

publicado por sá morais às 20:52
link do post | comente aqui! | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Abril de 2008

Rapidinhas

Segundo Mariano Gago, para crescer Portugal precisa de mais licenciados "em todas as áreas". Antes da conferência, à Rádio Renascença, o ministro voltou a defender que quase não há desemprego para os licenciados. "É verdade que muitas vezes o primeiro emprego não é aquele que os jovens gostariam", reconheceu, mas após um ano da saída não existe "ninguém desempregado".

 

Claro que Mariano Gago se está a referir ao "seu" Portugal ( o Portugal dos seus familiares e amigalhaços, todos cobertos certamente pela "tachiçe" )... Só pode, pois o país real está muito distante dessa "disneylândia de maravilhas". Ou então, o QI tem descido abruptamente na classe política... Vergonha já se sabe que não há.

Sei que a polícia ganha mal ( como quase todos, tirando os priveligiados... ), que tem falta de homens e de meios. Aliás, sempre defendi os agentes da autoridade, quando são criminalizados. No entanto, vi uma reportagem na televisão em que se desaconselhava o ingresso na PSP e em que havia mesmo um agente a queixar-se de ter passado fome e outro a dizer que só sobrevivia graças ao ordenado da mulher... 800 e tal euros é o valor inicial do ordenado... Espera aí! Então e os desgraçados que ganham 400/500 euros por mês? Roubam para viver?

publicado por sá morais às 11:01
link do post | comente aqui! | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2007

Rapidinhas

 Encerramento das SAP e das Maternidades...

 

 

 Eu podia agora vir um longo rol de argumentos, todos eles reveladores da irracionalidade de algumas desta medidas. Muitos de voçês entenderiam e até concordariam com o que eu diria. No entanto, não vou estar a dizer o que todos já sabem, eu queria mesmo era dizê-lo à classe política. Porém, esses não devem ler este blog e, mesmo que lessem, certamente não perceberiam nada do que eu dissese. É dificil para a nova horda aristocrática, com acesso a todas as comodidades e luxos, entender os problemas das pessoas comuns, a tal gentalha anónima, da qual eles só necessitam em época de eleições... E pouco, pois tudo o que querem é uma mera cruzinha num papel...

 

Pequenos partidos ameaçados de extinção

 

Ora aí está a democracia a funcionar... A frase anterior é irónica, claro! A verdade é que a actual sociedade não gosta de minorias, de gente que pense de modo diferente e se afaste da dicotomia actual. A própria sociedade tende para a uniformização em vários outros aspectos... Primeiro os mais pequeninos, depois acabe-se também com o PC, o PP e o BE... Isto é como no futebol, os clubes pequenos não ganham campeonatos, mas às vezes lá pregam umas partidas aos "grandes" e isso é chato... para os grandes, claro! Bonita palavra - liberdade...

 

O primeiro-ministro admitiu ontem na sua mensagem de Natal que “ainda não foi possível reduzir a taxa de desemprego”, mas ressalvou que o Governo já conseguiu “conter o seu crescimento”. Confessando que este é o problema social que mais o preocupa, José Sócrates lembrou, porém, que nos últimos dois anos e meio da sua governação a economia gerou 106 mil novos empregos. Falta assim criar 44 mil postos de trabalho para o Governo cumprir a promessa eleitoral de criação de 150 mil novos empregos até 2009 ( in Carvalhadas )

Pois... realmente ele está a contar com os postos de trabalho criados em Espanha. E acrescento: na França, Suiça, Alemanha, etc... Já à bastante tempo que não se via tantos jovens irem para o estrangeiro. E eu estou a falar da realidade, do que me rodeia. Mas há sempre aqueles que não sabem o que é o país real, que só conhecem números... Os tais da barriga cheia, que se estão nas tintas...

 Depois do sucesso de O Crime do Padre Amaro, vem aí outro sucesso... Call Gril... Em Portugal é assim o cinema. Ou se cai num absurdo de intelectualismo balofo ou se vai ao outro extremo, chamando à tela a boazona da moda, de preferência sem roupa...

 Nicolas Sarkozy e Carla Bruni!

Podemos até não gostar do sujeito... Eu acho ridiculo todo o circo criado em redor da sua viagem e aquela história do jacto... Bem, adiante! Uma coisa é certa: O gajo não é burro, não!

 

 

publicado por sá morais às 12:16
link do post | comente aqui! | ver comentários (3) | favorito
|
Sábado, 24 de Novembro de 2007

Quando se cobrará a incompetência e a vigarice?

De acordo com as cifras da União Europeia, emitidas esta semana, Portugal conseguiu um feito inédito: ser ultrapassado pela Estónia numa classificação que mede o poder de compra/PIB e descer para o 20º lugar na tabela dos 27 membros da Fortaleza Europa.

 

A notícia provocou uma chuva de críticas em Portugal contra as políticas do Primeiro Ministro José Sócrates, aclamando alguns que após dois anos, o Socratismo simplesmente não funciona, enquanto outros tentaram proferir explicações, esclarecendo que o subsídio de desemprego é demasiado alto para permitir uma retoma económica. Foi o caso de Vítor Constâncio do Banco de Portugal.


Dois bons exemplos da ignorância que camufla o mal que reside em Portugal. No primeiro caso, qualquer pessoa sabe que o ciclo político de quatro anos nem chega para fazer nada, quanto mais dois.

O que o Primeiro Ministro Sócrates anda a fazer terá de ser medido daqui a sete anos para tirar conclusões a longo prazo, embora é claro que deve haver uma maneira mais humana de chegar à Convergência Social. No segundo caso, Vítor Constâncio (economista brilhante) pode ter razão, no papel, e frisamos aqui que não é uma pessoa ignorante, mas sim que ignora a realidade. E é aí que existe o cerne da questão - quantos dirigentes em Portugal sabem e sentem a realidade vivida pelo cidadão comum? Será que o Dr. Vítor Constâncio entende como é ser desempregado?


O desemprego neste momento é um drama, um pesadelo e um resultado directo das politicas, ou falta delas, dos governos PSD/PP ao longo dos últimos 33 anos, se podemos tomar a Revolução como ponto de partida. Para aqueles que não sabem como é, o recém desempregado fica de um momento para outro a receber pouco acima de metade do vencimento, sem que o sistema tenha qualquer pena dele/a relativamente a aquilo que lhe é exigido.


Depois é chamado para uma reunião no Centro de Desemprego, onde lhe dizem que tem de aceitar o primeiro emprego, seja qual for (sem que isso seja um requisito legal). Mas quais são os empregos em oferta neste Portugal da geração dos 500 Euros? Call centres, que pagam o salário mínimo e que não dão garantias nenhumas, só uma vaga promessa de firmar um contrato depois de um período de experiência, talvez. Assim, o desempregado fica com um pseudo emprego em que vai receber menos ainda do que recebia do fundo de desemprego, vai ter de suportar os custos de transportação e alimentação para provavelmente três meses depois se encontrar novamente desempregado, desta vez sem direito ao subsídio.

Pedem sacrifícios há décadas!!

Quando se cobrará a incompetência e a vigarice? Acorda Portugal!!

publicado por sá morais às 12:27
link do post | comente aqui! | ver comentários (4) | favorito
|
Terça-feira, 20 de Novembro de 2007

Conversa da Treta

"O primeiro-ministro afirmou esta sexta-feira que o crescimento do desemprego está contido e que, desde o primeiro trimestre de 2005, foram criados 106 mil postos de trabalho em Portugal - valor próximo da meta de 150 mil até 2009."
A taxa de desemprego em Portugal fixou-se em 7,9% no terceiro trimestre deste ano, o número de trabalhadores a tempo parcial aumentou em 53 400 no trimestre em análise, ao mesmo tempo que há menos 40 400 empregados a tempo inteiro. Existe um desajustamento crónico entre qualificações e oferta de trabalho, o país precisa para crescer é de um plano de infra-estruturas com critérios reflectidos, com efeitos a curto prazo. Os portugueses vão continuar a empobrecer nos próximos dois anos. E depois de ter sido ultrapassado por Malta em termos de riqueza per capita, em 2008 será a vez de a Estónia suplantar Portugal no ‘ranking’. De acordo com a Comissão Europeia, a riqueza atribuída a cada português representará 65,6% da média europeia, no próximo ano. Este valor é o mais baixo dos últimos 17 anos e o oitavo pior dos 27 países da União Europeia.
 ( Dr. Assur - O Carvalhadas )
publicado por sá morais às 15:21
link do post | comente aqui! | ver comentários (3) | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2007

Rapidinhas

O Presidente da Venezuela afirmou que o rei de Espanha "teve sorte" por não ter ouvido Juan Carlos quando o mandou calar-se durante a cimeira Ibero-Americana, em Santiago do Chile. "O que é certo, é que eu não o ouvi. Teve sorte Senhor Juan Carlos".

 

Tá bonito, está... Já estou mesmo a ver a próxima cimeira Ibero-Americana:

 

 Lisboa, 12 Nov (Lusa) - Um em cada cinco imigrantes qualificados em Portugal dispõe de habilitações superiores e desses, em média, menos de 20 por cento têm acesso a empregos compatíveis com as suas habilitações, segundo um estudo do Observatório de Imigração.

Estas são algumas das conclusões do "Estudo Prospectivo sobre Imigrantes Qualificados em Portugal", promovido pelo Alto-Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural (ACIDI).

Bem, eu tenho uma novidade para estes génios da ACIDI: MUITOS PORTUGUESES COM HABILTAÇÕES SUPERIORES TAMBÉM NÃO TÊM EMPREGOS COMPATÍVEIS!!!! DAH!!! QUAL È A PORRA DA NOVIDADE?!?

Sábado, quando se registou a segunda morte ocorrida este ano no combate a incêndios florestais, foi batido o recorde do número de fogos registados em todo o país em 2007, com 382 sinistros, de acordo com a Protecção Civil.

    Ainda segundo as estatísticas divulgadas na Internet pela Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), para combater os quase 400 fogos e fogachos detectados sábado foram mobilizados 3.677 elementos e 1.033 viaturas.

    O recorde de fogos, que bateu o anterior máximo registado na terça-feira passada (332), ocorre a pouco mais de um mês do início do Inverno e ultrapassa os valores ocorridos em pleno Verão. ( in A Verdade )

     Andavam as nossas autoridades a embandeirar em arco a redução do número de incêndios no Verão ( como se as anormais condições atmosféricas tivessem sido obra sua... ), quando o Inverno nos surpreendeu e decidiu ser mais ameno... E toma que lá vai disto!


publicado por sá morais às 19:23
link do post | comente aqui! | favorito
|
Segunda-feira, 21 de Maio de 2007

Rapidinhas

 

Ora bem! Câmara de Lisboa! Novas eleições!

Pessoalmente, estou a pensar candidatar-me! Sim, não tenho experiência autárquica, não percebo peva de assuntos camarários, ia arranjar tachos, favorecer amigos, provavelmente passaria uma boa parte do dia sem fazer a "ponta de um corno" ( teria acessores de acessores de acessores para fazerem alguma coisita por mim... )... Esperem! Esperem! Antes que venha algum partido convidar-me por este invejável "programa", deixem que vos diga que estava a brincar... Para ladrão, preferia assaltar bancos...

 

 

Mugabe... Como é que eu nunca falei aqui deste ditadorzeco?

 

A inflação anual no Zimbabwe subiu em flecha, passando de 1.513,70 por cento em Abril para atingir 3.713,9 por cento, de acordo com a Direcção Central de Estatística. As autoridades atribuem este aumento inflacionista, a mais elevada do mundo, às subidas astronómicas dos preços dos combustíveis, dos produtos alimentares e de outros bens e serviços. A taxa de inflação no Zimbabwe estimou-se em 2.200 por cento em Março, tendo o Fundo Monetário Internacional (FMI) predito que ela poderia atingir 6 mil por cento até o final deste ano. A inflação mensal aumentou igualmente no mês passado, atingindo 100,7 por cento comparada com 50,50 por cento em Março.

O Zimbabwe atravessa a sua pior crise económica desde da sua ascensão à independência em 1980.

As pressões inflacionistas no Zimbabwe foram agravadas pelas penúrias alimentares atribuidas às más políticas agrícolas do Governo e à seca, que obrigaram este país da África Austral a importar enormes quantidades de cereais dos países vizinhos.

O Governo, confrontado com eleições gerais que se anunciam perigosas para o início do próximo ano, estaria a emitir uma grande quantidade de dinheiro para financiar programas populistas, alimentando assim o impulso inflacionista.

Eleições gerais?! Ahahaha! Como as de 2002?! Ahaha! Politicas agrícolas?...

 

 

Ah! Estas politicas agricolas!! Tou a ver!... E agora o povo passa fome... Fuck Mugabe!!!

E por cá?! Por cá está tudo bem! O desemprego está nos 8,4... Ei! Se fosse 18,4 era bem pior! E é por isso mesmo que a popularidade do governo continua a subir! Pobretes mas alegretes!!

 

Aposto que o comandante do Titanic também tinha um rumo...

 

 

 

publicado por sá morais às 19:53
link do post | comente aqui! | ver comentários (7) | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Abril de 2007

NOVAS OPORTUNIDADES... ?

 

 

Anda por aí uma campanha que, entre outras situações, apresenta uma Judite de Sousa alternativa a vender jornais... Esta Judite seria então uma "alternativa", que supostamente não teria continuado a estudar e não teria tido oportunidade de conseguir um emprego mais aliciante... Mas...

 

  • Pegando no exemplo, será mesmo preciso estudar para ser uma celebridade em Portugal? Para trabalhar na televisão? Parece-me que ultimamente o mais importante é ter um palminho de cara ou de corpo ( quantas/os modelos promovidos a apresentadores, pivots? ), ter um amigo/ familiar que providencie o "tacho" ( nem é preciso lembrar casos, pois não? ) ou estar disposta/o a tudo ( mesmo tudo! )... Estudos?!
  • Considero primordial que tenhamos um povo instruído, mas se fossemos todos doutores e engenheiros ( daqueles a sério ), quem ia vender jornais, quem seria trolha, quem recolheria o lixo, etc, etc?... Mandavamos vir mais uns milhares ( milhões? ) de imigrantes? E onde iriam ter lugar no mundo de trabalho todos esses diplomados? Onde? 
  • E os operários qualificados? Para trabalhar em que empresas? Nas que já fecharam ou nas que estão para fechar?
  • E... Vendo bem... Que oportunidades são estas? Já há milhares de pessoas que estudaram a ter de vender jornais!  E, sem falar de ensino superior, será que ter a escolaridade obrigatória é passaporte para a fama? Os portugueses vão ser todos Judites e Abrunhosas? 

 A Judite e os outros estão é a vender sonhos, tretas!! Eu e milhares de outros sabemo-lo bem! Podem ir bardamerda mais estas promessas vãs! Estas ilusões de sucesso caem aos pés de uma realidade onde não é a formação nem as reais capacidades que contam! Estudar?? Quem me dera ter sido bom a jogar à bola ou ter tido o estômago para me meter na politica, já que não nasci numa família que me pudesse ter providenciado uma "santa" tachada! ( Felizmente, nasci no seio de gente honrada, apesar de anónima! ) É por isso que sempre que passo por estes cartazes repito: Vão bardamerda!!! A verdadeira "nova oportunidade" para os portugueses era poderem "varrer" todos os corruptos, aproveitadores e incompetentes que nos governam... Isso sim, seria uma oportunidade de ouro!

 Não tenho filiação politica, nem ideológica, mas não posso deixar de aplaudir o BE que fez o cartaz da verdadeira realidade portuguesa.

publicado por sá morais às 16:16
link do post | comente aqui! | ver comentários (14) | favorito
|

IdeiasFixas

pesquisar

 

Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
31


conversa recente

Este Portugal não é o meu...

Rapidinhas

Rapidinhas

Quando se cobrará a incom...

Conversa da Treta

Rapidinhas

Rapidinhas

NOVAS OPORTUNIDADES... ?

Ficheiros

Dezembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Agosto 2013

Janeiro 2013

Fevereiro 2012

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

tags

todas as tags

Amigos e Conhecidos

eXTReMe Tracker
We talk about everything! Visit us! Falamos de tudo um pouco! Visite-nos
Blog directory
Blog Directory & Search engine
Estou no Blog.com.pt
Blogalaxia

adopt your own virtual pet!

subscrever feeds