Quarta-feira, 4 de Março de 2009

Palmas para: Espanha

 "O governo espanhol pondera congelar os salários dos funcionários públicos que ganhem mais de 2000 euros brutos por ano"

 

Para quando haverá coragem política para se pensar o mesmo por cá?

 

 

publicado por sá morais às 22:48
link do post | comente aqui! | favorito
|
Domingo, 12 de Outubro de 2008

Tiros na água...

Governo envolve Ferreira Leite nos submarinos

 

 

"O impacto que terá no défice das contas públicas a compra de dois novos submarinos já foi escolhido pela equipa de José Sócrates como um dos temas da frente de combate político ao PSD"

 

Sempre oiço falar dos submarinos, que se tornaram uma espécie de piada nacional. Para muitos os submarinos são o grande "elefante branco" português. Eu não sei se a escolha dos submarinos, preterindo meios de superfície, terá sido a mais acertada, sei que é demasiado dinheiro, quando se pedem sacrificios ao povo, mas a verdade é que nós precisamos de ter alguma coisa que patrulhe as nossas águas! Caso contrário, vale mais dar o nosso mar aos espanhóis e colocar no jornal um anúncio a dizer que toda a porcaria pode entrar ilegalmente pelas nossas costas!

Sabem quantos navios atravessam a nossa ZEE por dia?

Sim, são milhões de euros que vão ser gastos! Mas... e os muitos mais milhões que vão para "derrapagens orçamentais", ordenados de "amigos", reformas douradas, "luvas", desvios, estudos, orçamentos, pareceres, subsidios duvidosos, frotas de carros de luxo, etc,etc,etc... Quantos submarinos se comprariam?...

 

 

publicado por sá morais às 11:52
link do post | comente aqui! | favorito
|
Quinta-feira, 18 de Setembro de 2008

Rapidinhas - strike again

 O Lehman Brothers declarou falência e o mundo parece ter tremido. Como é patética e frágil esta gaiola dourada em que nos enfiaram... Agora os políticos já têm outra boa desculpa para justificar a "crise" fazendo de conta que uma boa parte dela não se deve a INCOMPETÊNCIA, FALTA DE VISÃO e CORRUPÇÃO. Exemplos? Ver AQUI.

Mas como a crise não é para todos... É fartar vilanagem.

 

 Interessante é que ( devido à tal Lehman... ) o barril de Brent já está abaixo dos 92 DÓLARES. Alguém se importa de dizer aos chulos, perdão, senhores das gasolineiras?

 

 A SIC decidiu oferecer-nos Teresa Guilherme e O Momento da Verdade... Oportunidade de ouro para a alcovitice latente satisfazer os seus desejos. Imperativos da guerra de audiências/ gosto do povo - dirão alguns. Perpetuação da falta de competência cultural e do bom gosto - digo eu!

 

 " Portugal produz leite suficiente para consumo e cada vez mais. Mas a produção amontoa-se devido às importações maciças feitas pelos distribuidores. " Puta que pariu! E depois há quem tenha a lata de vir falar em incentivar a produção nacional?  Trampa de leis e de interesses económicos e políticos! E depois têm a lata de falar em crise? Para o diabo! Quem não bebe essa porcaria importada sei eu bem quem é! Mesmo que tenha de dar mais uns cêntimos, prefiro o que é de qualidade e nosso! Não gosto de refugo e conheço bem a qualidade ( ausência dela... ) dessas porcarias importadas.  

 

publicado por sá morais às 23:15
link do post | comente aqui! | favorito
|
Quarta-feira, 13 de Agosto de 2008

MOVIMENTO MÉRITO e SOCIEDADE - MMS

O mais recente partido político português chama-se Movimento Mérito e Sociedade (MMS) e será formalizado terça-feira com a entrega de mais de oito mil assinaturas no Tribunal Constitucional, revelou esta quarta-feira o líder da nova força política, Eduardo Correia.

«Vamos entregar todo o processo para a formalização do MMS como partido político, terça-feira, às 14h30, no Tribunal Constitucional», afirmou Eduardo Correia, em declarações à Lusa, no Porto.
Segundo o líder do MMS, «infelizmente, há necessidade de mais uma força política em Portugal porque o espaço de governação orientada para a qualidade de vida está vazio».

«É possível fazer muito melhor por Portugal», frisou, acrescentando que «os portugueses protagonizam casos de sucesso nas mais diversas áreas no estrangeiro, pelo que não há razão nenhuma para serem constantemente ultrapassados por países que estavam atrás de nós».
 
Por essa razão, Eduardo Correia defendeu a necessidade de uma «revolução inteligente» no modo de governação do país.
«Não se pode continuar a admitir que os políticos estejam tão desligados das promessas que fazem na campanha eleitoral», afirmou Eduardo Correia, considerando ser necessária uma «democracia mais responsável».
 
Esse objectivo passa, salientou, por várias medidas, entre as quais a importância da alteração da legislação eleitoral para que os deputados passem a ser eleitos em círculos uninominais.
Por outro lado, Eduardo Correia defendeu que «é preciso acabar com a bactéria política que é a disciplina partidária».
 

«Os deputados não representam partidos, mas os cidadãos que os elegem», frisou.

O líder da nova formação política defendeu ainda que «os partidos que concorrem às eleições legislativas para formar Governo» devem apresentar a sua equipa ministerial durante a campanha eleitoral.
 
«Os eleitores devem conhecer os nomes que se responsabilizam pelo programa que o partido apresenta na campanha eleitoral», afirmou.
 
Eduardo Correia assegurou que o MMS «vai fazer tudo» para se apresentar ao eleitorado nas legislativas de 2009, mas escusou-se a definir qual será a meta eleitoral do partido.
 
«Somos todos novos nesta vida, nunca nenhum de nós fez política, mas somos pessoas de convicções», frisou.


O professor universitário Eduardo Correia pretende formar, até final deste ano, um novo partido político, o Manifesto Mérito e Sociedade (MMS), que promete transformar Portugal num país mais eficiente e economicamente competitivo a nível europeu.

Nem de esquerda, nem de direita, o MMS pretende captar o eleitorado português no geral, porque «Portugal tem que ser uma equipa inteira, como mostrou ser no pós-25 de Abril», adianta o responsável à Lusa.

Critico de José Sócrates, o professor no ISCTE classifica o actual Governo como «igualmente fraco», em relação aos últimos três ou quatro governos do país, pois a realidade portuguesa continua a ser idêntica ao que era, por exemplo, no Governo de António Guterres.

A ideia de formar um partido surgiu depois da apresentação de um documento, cujo título viria a ser adoptado como nome do futuro partido, onde o professor de «marketing» faz «o diagnóstico da situação do país e propõe medidas para melhorar a cidadania».


Inicialmente, o objectivo passava por fazer chegar as conclusões do manifesto aos maiores partidos nacionais, no entanto, a natureza de algumas propostas tornava claro que o documento não iria ser bem aceite.


«Como a lei portuguesa obriga à formação de uma lista para candidatura à Assembleia da República, ainda que se trate de candidatos independentes», a única solução possível passou a ser a formação de um novo partido político, diz Eduardo Correia.


Despolitização da Administração Pública e o emagrecimento da máquina estatal são algumas das reformas que o MMS pretende levar a cabo, nomeadamente através da redução do número de câmaras municipais e da eleição de deputados por círculos uninominais, com acerto relativo à percentagem de votos globais, de forma a garantir que todos os votos tenham o mesmo valor.

O MMS pretende ser uma opção de voto para os portugueses já nas próximas eleições legislativas e europeias.

Uma candidatura às autárquicas está para já posta de lado, pois, de acordo com Eduardo Correia, «o modelo de funcionamento autárquico não se adequa ao MMS», pelo que a candidatura deste partido não seria «legítima», nem «intelectualmente honesta».

Questionado quanto à possibilidade de coligações com outros partidos, o professor adianta que «é difícil fazer futurologia», admitindo no entanto, que esta será uma realidade muito pouco provável, porque o MMS propõe «alterações estruturais que não se compatibilizam com nenhum dos partidos existentes em Portugal».

 
 
publicado por sá morais às 20:30
link do post | comente aqui! | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 11 de Agosto de 2008

E depois da Geórgia?

 

 

 

Entrevista ontem realizada para a Agência Lusa

Os Estados Unidos e a União Europeia devem tomar uma posição solidária e dura face à política da Rússia no Cáucaso, considera o jornalista Vladimir Dolin, especialista em assuntos caucasianos.
“Se os Estados Unidos e a União Europeia reconhecem a integridade territorial da Geórgia, devem condenar a agressão militar russa na Ossétia do Sul, pois esta região faz parte da Geórgia. Caso contrário, Moscovo continuará a política de agressão face a outros vizinhos” - declarou o jornalista à agência Lusa.
O jornalista defende que se a Rússia continuar a sua ofensiva militar, a Geórgia poderá deixar de existir como estado uno, transformando-se “numa manta de retalhos”.
Segundo ele, “se Washington e Bruxelas não tomarem uma posição firme e clara, a Ucrânia será a próxima vítima da Rússia, pois esta não esconde as pretensões territoriais face à Crimeia. E depois chegará a vez dos países bálticos”.
“Daí até a uma nova guerra fria vai um passo. Neste caso, Moscovo tem uma alavanca importante de pressão que é o fornecimento de gás e petróleo à Europa” - acrescenta Vladimir Dolin.
“Além disso, a continuação desta política por Moscovo poderá levará o Kremlin a fazer alianças com regimes como o Irão ou outros do género” - continua.
"Através de meios diplomáticos, mas a União Europeia e os Estados Unidos devem travar a ofensiva do Kremlin. Isso pode trazer problemas à União Europeia, mas trata-se de uma questão de princípio” - sublinha.
“A Rússia irá comportar-se como a permitirem comportar-se. Se os Estados Unidos e a Europa cederem no caso da Geórgia, não ficam com garantias de que o Kremlin irá acalmar-se. Não pretendo comparar Putin a Hitler, mas a situação faz lembrar o erro das potências europeias face à Alemanha na véspera da Segunda Guerra Mundial”- defende o jornalista.
O problema entre a Geórgia e as repúblicas separatistas pode ter solução, mas é complicada e a longo prazo.
“No ideal – defende Vladimir Dolin - , nas zonas do conflito poderão ser instaladas forças de manutenção da paz europeias, que deverão proteger os interesses da população ossete e georgiana”. “estabilizada a situação, poder-se-á passar à resolução de outros problemas” - concluiu.

 

 

 

publicado por sá morais às 20:02
link do post | comente aqui! | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Julho de 2008

Vejam a vergonha que é a política! Vejam o que os media protugueses não mostram!

 

 

 

Vejam e abram os olhos!

 

 

 

retirado de O Voo do Falcão

publicado por sá morais às 21:22
link do post | comente aqui! | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Julho de 2008

"Empresas públicas roubam os cidadãos"

Marinho Pinto considera que algumas empresas públicas "são uma espécie de cartel para sacar dinheiro aos cidadãos". Algumas parecem "aquele velho vigarista de feira que vendia banha da cobra, utilizando os esquemas mais enganadores".

O país assiste, disse, a "roubos institucionalizados e legalizados" por parte de algumas empresas públicas que praticam "taxas e preços especulativos, muito acima do livre jogo da oferta e da procura de mercado". E, frisou, "não há sequer um sistema de Justiça, que ponha cobro e saiba moralizar esta situação porque o sistema público está organizado, não em função das pessoas, mas dos interesses das empresas".

O país vive "momentos terríveis de criminalidade, pobreza e miséria que arrepia os profissionais mais experientes", mas "se ouvirmos discursos de alguns responsáveis parece que estamos numa paraíso".

Do ponto social, dois terços das famílias portuguesas trabalham 20 a 30 anos para pagar o que devem; e cerca de 80% da população está a trabalhar para bancos "que não produzem nada". "Muitos dos responsáveis que nos governaram nos últimos anos sabiam disso e sabiam que isto iria conduzir a uma situação como a actual".

Nesse sentido, "a Economia funciona como casino: ganha-se ou perde-se. Quem ganha é quem der o golpe das acções e das especulações".

Ao longo de uma hora, Marinho criticou violentamente que ex-governantes passem a integrar os quadros de empresas privadas com quem negociaram antes.

Ainda quanto ao desrespeito pelo cidadão, o bastonário referiu o "Caso Esmeralda" como paradigmático, defendendo o sargento Luís. "Os pobres não podem ir a tribunal, primeiro são maltratados e segundo serão defendidos por um candidato a advogado".

 

 

Neste desgraçado país ainda há quem vá dizendo umas verdades, mas o povo não quer ouve ou não quer ouvir...

 

publicado por sá morais às 23:43
link do post | comente aqui! | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Junho de 2008

Disparate da semana!

Luís Amado admite repetição do referendo ao Tratado de Lisboa

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado, admite que repetir o referendo sobre o Tratado de Lisboa pode ser uma boa solução para ultrapassar o novo impasse na União Europeia.
 
Pelo seu espírito anti-democrático, pela sua falta de respeito pela vontade de um povo e pela sua esperteza saloia, Luís Amado ganha o Moron Award da semana!
 

publicado por sá morais às 22:40
link do post | comente aqui! | favorito
|
Quinta-feira, 19 de Junho de 2008

CRONICAE PORTUGALORUM

 

Perante as políticas do governo de José Socrates, o que fez o maior partido da oposição? Elegeu o seu próprio "socrates" feminino... Provavelmente foi uma jogada de: se não os consegues vencer junta-te a eles! Uma coisa é certa: dê por onde der, a nossa polaridade democrática ira presentear-nos com... mais do mesmo!

 

 

Está aí a época de Exames Nacionais da Treta. Adivinham-se bons resultados e grandes sucessos estatísticos. O pior será quando o resultado deste despreocupado facilitismo se reflectir no futuro...

 

PS: Sinto-me cada vez mais contente por viver em Portugal! (Fo**-** a ironia!)

 

publicado por sá morais às 11:16
link do post | comente aqui! | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 17 de Junho de 2008

A Piada Saloia do Dia!

O ministro da Economia e Inovação, Manuel Pinho, sublinhou hoje que a situação internacional é preocupante, mas que Portugal está a conseguir ultrapassá-la melhor que outros países europeus.

"A situação internacional é preocupante, mas nós estamos a conseguir ultrapassar melhor do que outros países europeus, como a Espanha e a França", disse Manuel Pinho, na Assembleia da República, no âmbito da Comissão dos Assuntos Económicos, Inovação e Desenvolvimento Regional.

 

E assim, por pensar que os portugueses são todos estupidos, o prémio "Shut the Fuck Up" vai para esse poeta da aldrabice, esse ayatollah do disparate, esse malabarista da esperteza saloia: Manuel Pinho!!

 

 

 

 

publicado por sá morais às 22:24
link do post | comente aqui! | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Junho de 2008

Olha a Crise!

 

 

 O ministro das Finanças congelou o plano de renovação da frota das Forças Armadas, mas deu luz verde à compra de dois Mercedes para o ministro da Defesa e para o secretário de Estado da Defesa.

 

 

 

  

Os dois carros Mercedes custam perto de 140 mil euros e vão substituir os actuais Mercedes 220 do ministro Severiano Teixeira e o BMW 520 do secretário de Estado João Mira Gomes.

Segundo explica o CM, em Março foi apresentado ao ministro das Finanças um plano para renovar as viaturas dos diversos ramos das Forças Armadas que previa a compra de 109 automóveis e um investimento de 2,5 milhões de euros.

Ora bem, enquanto formos "ceguinhos" vamos continuar a permitir que se riam na nossa cara e até riem nos seus... Mercedes...

 

publicado por sá morais às 11:17
link do post | comente aqui! | favorito
|
Domingo, 8 de Junho de 2008

CRONICAE PORTUGALORUM

 

 

Em Portugal somos especialistas em conseguir desenrascar algo que não poderiamos conseguir de um modo... regular. Assim acontece com os papa-reformas. Vejamos: existia um bom número de pessoas que não tinham / não iriam conseguir as habilitações necessárias para conduzir um veiculo automóvel "normal". Surgiram então estas "coisas" motorizadas, que permitem expandir a imcompetência muito para além da "encartada"! Hoje apanhei um (outro ) a uns 20km/h e a soltar uma fumarada terrível. Os condutores iam arriscando ultrapassagem àquela "marmita" motorizada, enquanto se gerava uma fila bastante longa. Estas coisas não serão um perigo para a circulação? 

 

 

 

«O Tribunal de Contas detectou mais de 800 milhões de euros em despesas públicas ilegais desde o Estado, Regiões Autónomas, às câmaras municipais passando pelas empresas públicas. Teixeira dos Santos comentou: "Tratando-se de um número que impressiona, temos de ter uma visão relativa do que ele representa - 1,1 por cento da despesa total da administração pública".»

È bem feita! Para o povo português é bem feita! Os tipos roubam e ainda gozam com as nossas caras, mas é bem feita. Cada povo tem o que merece e nós temos trampa até ao pescoço e uns ladrões lá por cima. Se fossemos um povo decente, noticias como esta seriam suficientes para nos unirmos! Mas se nem um boicote a uma gosolineira conseguimos fazer... 800 MILHÕES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 

 

publicado por sá morais às 21:58
link do post | comente aqui! | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 15 de Fevereiro de 2008

Timor

 

Associando-se ao MIL de amigos como Rui Martins e Pires, O IdeiasFixas defende o reforço da intervenção militar portuguesa em Timor, de modo a contrabalançar certas forças que pretendem lançar o jovem país no caos!

 

Comunicado do MIL:

MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO exorta o Governo Português a reforçar, de imediato, o contingente da GNR em Timor de modo a garantir as condições de segurança e estabilidade naquele território.
Neste momento, Timor corre o sério risco de se tornar, definitivamente, um “estado falhado”, o que será decerto do interesse de alguns países da região, que assim poderão, mais facilmente, explorar, em benefício próprio, os recursos naturais de Timor (falamos, em particular, do petróleo).
Portugal tem a obrigação histórica de defender a independência de Timor - depois de, durante a Monarquia, Primeira República e Estado Novo, ter feito de Timor um mero local de desterro, e de, depois da Revolução de 25 Abril de 1974, ter abandonado Timor à sua sorte, de que resultou a invasão indonésia.

Esperamos que o Governo Português não cometa a indecência de invocar motivos financeiros para inviabilizar essa urgente medida.

publicado por sá morais às 21:58
link do post | comente aqui! | ver comentários (7) | favorito
|
Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2008

Rapidinhas

 

Sócrates optimista

Primeiro-ministro diz que tem "todos os motivos" para acreditar que 2008 vai ser melhor que 2007 (SIC)

Se eu fosse primeiro-ministro, certamente também estaria optimista...
Os comerciantes que tenham problemas com clientes que fogem ao pagamento de dívidas podem afixar à porta dos seus estabelecimentos listas de quem lhes deve dinheiro sem receio de estarem a cometer um crime de difamação ou injúrias. A posição é dos juízes desembargadores do Tribunal da Relação de Coimbra, que estão contra a opinião do Ministério Público sobre a matéria. O problema foi levantado por um cliente de uma adega em Vagos, distrito de Aveiro, que um dia viu o seu nome publicitado à porta do estabelecimento como devedor de uma quantia de "173 euros desde 20 de Janeiro de 2003". O visado recusou assumir a dívida e apresentou queixa por difamação contra o dono do estabelecimento.
Vivemos tempos estranhos... Tempos em que o lesado tem mais vergonha do que o caloteiro! Tempos em que podemos apresentar queixa contra o desgraçado que ficou a arder com o dinheiro... Que circo! Que paraíso para os vigaristas é este país!
A GNR de Coruche deteve ontem um homem de 26 anos, horas depois de este ter feito um roubo por esticão a uma mulher. O indivíduo já tinha sido preso em Dezembro, tendo na altura sido libertado pelo procurador por falta de flagrante delito. Toxicodependente, residente em Salvaterra de Magos, o homem já tinha sido detido pelo Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Coruche, no Verão passado, pela prática de roubos por esticão. “Os crimes eram feitos a partir de carro próprio ou a pé”, disse ao CM fonte policial.

 É... Mas se eu for fumar para o café, eu é que sou o bandido...
"As filhas de Albertina Fernandes Mendes, a mulher de 85 anos que anteontem morreu nas Urgências após quatro horas à espera de médico, acusam o pessoal daquele serviço do Hospital Infante D. Pedro, em Aveiro, de “negligência médica” e vão avançar com um processo-crime que “sirva de exemplo”. Este caso motivou ontem várias reacções públicas, entre as quais a do bastonário em exercício da Ordem dos Médicos, José Manuel Silva, que responsabilizou o Governo e o primeiro-ministro pela morte da idosa, atribuindo-a “à errada política de Saúde do Governo” que leva à sobrecarga das Urgência.
Politica de saúde?! Ah! Aquilo de quererem ver se nos matam para não chegarmos a receber a reforma! E responsabilidades?! Nesta merda de país nunca as hà... Mas se eu fumar no café devo ser multado claro! Isso sim é grave!!
Sem respeitar semáforos e entrando nas ruas muitas vezes em contramão, os assaltantes lutavam por um objectivo claro: não cair nas mãos da GNR, que não desistia da sua perseguição. Não conseguiram escapar. A fuga dos quatro jovens viria a acabar no tabuleiro inferior da Ponte D. Luís I, à entrada da qual se despistaram, ainda do lado de Gaia, eram 03h00 da madrugada. Antes, já tinham roubado três carros e feito oito furtos do interior de outros oito veículos. Depois de denunciados por um dos lesados, foram interceptados pela polícia. Os quatro assaltantes, com idades entre os 18 e os 23 anos, depois de ouvidos pelo juiz no Tribunal de Instrução Criminal do Porto, ficaram em liberdade.
Isso de prender criminosos era dantes!! Mas eu nem sei... Valia mais ser preso. É que os presos ( vitimas da sociedade ), até vão ter salas de fumo nas prisões, pagas com a porra do nosso dinheiro! Mas se eu fumar no café... Sou eu o bandido!
 
Obrigado ao blog: Carvalhadas
 

 

publicado por sá morais às 00:37
link do post | comente aqui! | ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 30 de Novembro de 2007

Greve

 

( imagem gamada ao desaparecido Kaos )

 

 Já fui funcionário público em duas situações bem distintas e sei que os que estão em pior situação são aqueles que, provavelmente, não irão fazer greve hoje. Quem fizer greve deverá fazê-lo conscientemente por si mas, especialmente, por esses desfavorecidos e precários que não podem fazer. Não o façam só para terem fim-de-semana prolongado... Façam-no pelos vossos direitos e em solidariedade para com quem não pode dar voz ao seu descontentamento.

publicado por sá morais às 08:39
link do post | comente aqui! | ver comentários (3) | favorito
|
Segunda-feira, 20 de Agosto de 2007

Rapidinhas

 

O Presidente francês Nicolas Sarkozy anunciou esta segunda-feira apertadas medidas de combate à pedofilia no país. Defende a castração química de pedófilos e anunciou a construção, em Lyon, de um hospital psiquiátrico especializado em pedofilia.

Nada a dizer. Já vem é tarde e não apenas para os que quiserem ser tratados...

Cerca de vinte idosos foram evacuados hoje pelos bombeiros do Centro de Dia de Alcaravela, Concelho do Sardoal (Distrito de Santarém), por causa de um incêndio florestal, disse à agência Lusa o presidente da Câmara do Sardoal.

O presidente da Câmara do Sardoal assinalou a coincidência da data em que começou um fogo: "Todos os anos é a mesma coisa, na mesma data e à mesma hora, tem havido um foco de incêndio e da mesma maneira. Não posso afirmar que é fogo posto mas digo-lhe que estou convencido que foi. No ano passado, por esta data e à mesma hora, houve focos de incêndio ao longo da Estrada Nacional 2, como hoje".

Mas este não é o ano sem fogos?! Pois, tem sido... Porque será?!

Uma estudante britânica da Universidade de Derby, Sarah Pickin, descobriu durante escavações num sítio arqueológico do período Neolítico, na Finlândia, uma bola de resina de vidoeiro que, segundo parece, seria uma espécie de chiclete.

Talvez seja mais uma... Super Gorila! :)

Escudo térmico, luva... Isto já parece uma paródia à lei de Murphy... Coincidências?! Ou a tecnologia anda de "cavalo para burro"...

 

publicado por sá morais às 22:30
link do post | comente aqui! | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2007

Rapidinhas

Parece que houve aqui um interregno... Peço desculpa por isso e por ter feito parcos comentários nos vossos blogs. Não levem a mal, pois não foi desinteresse. Apenas falta de tempo e uma enorme perguiça.  Mas vamos ao que interessa:

 "Em 2006, a violência no Iraque causou 34 452 mortos - o que corresponde a uma média de 94 por dia - e 36 885 feridos." Vale a pena reflectir nestes números, mesmo quando uma solução parece impossível.

"O Governo deixou cair as "manifestações de fortunas" na declaração de IRS deste ano, até agora visto como um instrumento fundamental para o combate à fuga e fraude fiscal. É que, ao contrário do exigido em 2006, os impressos do IRS para 2007 não obrigam à declaração de compra de bens". Agora só falta criar a obrigatoriedade das "manifestações de pobreza". Assim os menos abastados poderão ser convenientemente taxados sobre aquilo que... não têm!

 Um grupo de cientistas acredita ter descoberto uma explicação-chave para o déjà vu, aquela misteriosa sensação de estar diante de algo que já foi vivido, segundo um artigo que será publicado na edição de sábado da revista científica New Scientist. De acordo com a pesquisa, as experiências sugerem que o déjà vu pode ser provocado de forma independente, sem haver uma memória real para acioná-lo.

Como Portuga contesto este estudo! Não há memória real?! Reparem: nas eleições há sempre promessas e mais promessas... Não sabemos que isso é um déjà vu bem real e fundamentado na nossa memória?

 

publicado por sá morais às 13:14
link do post | comente aqui! | ver comentários (4) | favorito
|
Domingo, 26 de Março de 2006

Canadá

"No Canadá, foram vários os portugueses que se concentraram esta sexta-feira junto ao consulado português, em Toronto. Um protesto contra a ordem de expulsão de cidadãos lusos ilegais, decretado pelo governo de Otava. " in TSF
 
  Isto leva-me de novo à questão da imigração. 10 a 15 mil portugueses podem vir a ser recambiados para Portugal. Entretanto, por cá, continuamos a receber todo o tipo de pessoas, sem qualquer controlo. Resultado: aumento da prostituição, aumento da criminalidade, etc,etc... Mais uma vez afirmo que não sou contra a vinda de estrangeiros para Portugal, mas têm haver algum género de selectividade e de controlo, até para acautelar os direitos desses mesmos imigrantes. Quem não aceita as nossas leis, quem não vem para trabalhar honestamente: Rua! Para quem lucra com o trabalho ilegal: Prisão! Apesar de não gostar de ver compatriotas meus a serem expulsos de outro país, numa análise objectiva e imparcial, tenho de considerar que Otava está a tomar uma medida acertada, que devia ser modelo para nós.  Os muitos milhares de portugueses em situação ilegal noutros países podem muito bem ser o reforço demográfico de que precisamos. Primeiro urge criar condições para que esses portugueses não precisem de sair do seu país, depois é que vem o resto... Isto traz-me à memória uma situação de uma Câmara Municipal que foi buscar estrangeiros para repovoar a sua região, dando-lhes casa e outras benesses. Seria necessário?! Quantos portugueses não gostariam de ter esta oportunidade? Enfim...
 
publicado por sá morais às 14:20
link do post | comente aqui! | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 20 de Março de 2006

Pensões acima dos 4000 € pagas pelo Estado triplicaram

O número de beneficiários da Caixa Geral de Aposentações (CGA) com uma reforma mensal superior a 4000 euros (800 contos) quase triplicou, nos últimos cinco anos, passando dos 1002, em 2000, para os 2681, em 2004. Quanto a valores, a reforma mais alta paga a elementos que desempenharam funções na Administração Pùblica ou enquanto membros do Governo ronda, em 2005, os 7200 euros. (in DD)

* E isto em tempos de "crise".... Só para alguns, claro...

publicado por sá morais às 12:37
link do post | comente aqui! | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 14 de Março de 2006

Isto há coisas...

"A presidente da Câmara de Felgueiras garantiu ontem em Tribunal viver apenas do ordenado de autarca e de uma pensão, sustentando assim não ter meios para pagar a multa de 12 500 euros a que fora condenada por difamação. Ao todo, disse Fátima Felgueiras no Tribunal de Fafe, recebe mensalmente 3 273 euros ilíquidos mensais da autarquia e de uma pensão de 700 euros líquidos." In DN

Isto só pode ser gozo... Mas também, é o que tem sido desde o principio... A gozar com o Zé! 

publicado por sá morais às 14:32
link do post | comente aqui! | ver comentários (3) | favorito
|

IdeiasFixas

pesquisar

 

Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
31


conversa recente

Palmas para: Espanha

Tiros na água...

Rapidinhas - strike again

MOVIMENTO MÉRITO e SOCIED...

E depois da Geórgia?

Vejam a vergonha que é a ...

"Empresas públicas roubam...

Disparate da semana!

CRONICAE PORTUGALORUM

A Piada Saloia do Dia!

Ficheiros

Dezembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Agosto 2013

Janeiro 2013

Fevereiro 2012

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

tags

todas as tags

Amigos e Conhecidos

eXTReMe Tracker
We talk about everything! Visit us! Falamos de tudo um pouco! Visite-nos
Blog directory
Blog Directory & Search engine
Estou no Blog.com.pt
Blogalaxia

adopt your own virtual pet!

subscrever feeds