Sábado, 5 de Julho de 2008

É Fartar vilanagem!!!!!!

O Grupo Águas de Portugal deve cerca de 1,7 mil milhões de euros à banca. Numa auditoria, o Tribunal de Contas criticou a internacionalização do grupo e a criação de demasiadas unidades empresariais.

O Tribunal de Contas chegou à conclusão que o grupo Águas de Portugal deve à banca cerca de 1,7 mil milhões de euros, o que corresponde a um por cento do Produto Interno Bruto português.

 

Numa auditoria, a que a TSF teve acesso, os juízes deste tribunal consideraram que a internacionalização do grupo foi um «falhanço empresarial», uma vez que foi a Águas de Portugal Internacional que mais contribuiu para a «débil» situação do grupo.

 

Só esta empresa gerou um resultado líquido negativo de mais de 61 milhões de euros em 2005 e 2006, uma situação para a qual contribuiu o facto de o grupo ter sido um instrumento para a política externa do Governo.

 

O Tribunal de Contas considerou ainda que foram criadas demasiadas unidades empresariais no grupo face ao mercado em que actuam, com muitas vezes a correrem mesmo o risco de entrarem numa situação de «inviabilidade financeira».

 

Este tribunal criticou ainda a gestão do grupo e apontou várias irregularidades como a acumulação de funções dos administradores do grupo que também executam funções junto dos Conselhos de Administração das empresas participadas.

 

Os gastos de 2,5 milhões de euros em viaturas atribuídas a administradores entre 2004 e 2006 constituiu outras das críticas feitas nesta autoria, onde se diz que esta foi uma opção de difícil explicação considerando a fraca saúde financeira do grupo.

 

Como recomendação, o Tribunal de Contas aconselhou o Estado a fazer uma urgente reestruturação ao grupo que deve ser feita em articulação «com o Grupo Águas de Portugal quer com as autarquias envolvidas».

 

Trampa de país que tudo permite...

publicado por sá morais às 14:15
link do post | comente aqui! | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 4 de Julho de 2008

"Empresas públicas roubam os cidadãos"

Marinho Pinto considera que algumas empresas públicas "são uma espécie de cartel para sacar dinheiro aos cidadãos". Algumas parecem "aquele velho vigarista de feira que vendia banha da cobra, utilizando os esquemas mais enganadores".

O país assiste, disse, a "roubos institucionalizados e legalizados" por parte de algumas empresas públicas que praticam "taxas e preços especulativos, muito acima do livre jogo da oferta e da procura de mercado". E, frisou, "não há sequer um sistema de Justiça, que ponha cobro e saiba moralizar esta situação porque o sistema público está organizado, não em função das pessoas, mas dos interesses das empresas".

O país vive "momentos terríveis de criminalidade, pobreza e miséria que arrepia os profissionais mais experientes", mas "se ouvirmos discursos de alguns responsáveis parece que estamos numa paraíso".

Do ponto social, dois terços das famílias portuguesas trabalham 20 a 30 anos para pagar o que devem; e cerca de 80% da população está a trabalhar para bancos "que não produzem nada". "Muitos dos responsáveis que nos governaram nos últimos anos sabiam disso e sabiam que isto iria conduzir a uma situação como a actual".

Nesse sentido, "a Economia funciona como casino: ganha-se ou perde-se. Quem ganha é quem der o golpe das acções e das especulações".

Ao longo de uma hora, Marinho criticou violentamente que ex-governantes passem a integrar os quadros de empresas privadas com quem negociaram antes.

Ainda quanto ao desrespeito pelo cidadão, o bastonário referiu o "Caso Esmeralda" como paradigmático, defendendo o sargento Luís. "Os pobres não podem ir a tribunal, primeiro são maltratados e segundo serão defendidos por um candidato a advogado".

 

 

Neste desgraçado país ainda há quem vá dizendo umas verdades, mas o povo não quer ouve ou não quer ouvir...

 

publicado por sá morais às 23:43
link do post | comente aqui! | ver comentários (1) | favorito

Quiz Extra Tira-Teimas

 

Qual o nome deste homem?

publicado por sá morais às 14:30
link do post | comente aqui! | favorito

Ovnis chegam a Lisboa

tags: ,
publicado por sá morais às 10:58
link do post | comente aqui! | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 3 de Julho de 2008

Canto das Recordações - As Misteriosas Cidades do Ouro

 

 

Les Mystérieuses Cités d’Or no original (As Misteriosas Cidades do Ouro), uma fabulosa série de animação que passou por cá nos anos 80 e deixou encantada toda uma geração. A série conta a história de três crianças sozinhas no mundo, que procuram a identidade dos seus pais, através de uma extraordinária e aventureira viagem aos quatro cantos do mundo, descobrindo as cidades de ouro das civilizações perdidas, da Maia, Inca e do Império de Mu, entre outras, onde os seus segredos tecnológicos, permitem aos nossos heróis safar-se de situações deveras complicadas. Esta série fez as delícias da minha infância. Aconselho a ver ou rever.

publicado por sá morais às 23:22
link do post | comente aqui! | favorito
Quarta-feira, 2 de Julho de 2008

Linkin Park - Breaking the Habit

 

 

publicado por sá morais às 23:18
link do post | comente aqui! | favorito
Terça-feira, 1 de Julho de 2008

Polo Norte poderá ficar sem gelo este Verão - especialistas norte-americanos

 

Madrid, Espanha 28 Jun (Lusa) - O Pólo Norte poderá ficar sem gelo este Verão devido ao aquecimento global, alertaram investigadores do Centro de Dados sobre Gelo e Neve dos Estados Unidos.

Segundo os cientistas, a possibilidade do gelo que cobre o Ártico derreter é de mais de 50 por cento devido à camada espessa de gelo, que durante muitos anos cobriu a região, ter vindo a derreter e ter sido substituída por uma enorme placa de gelo fino, que pode facilmente derreter com o Verão.

O aumento generalizado das temperaturas, a causa do aquecimento global, está a afectar também, e de forma grave, as regiões polares do planeta, referem os cientistas citados pelo jornal espanhol 'El País'.

Os cientistas temem agora que o desaparecimento de uma parte importante do gelo leve a outra consequência: o oceano absorva mais calor e faça aumentar ainda mais as temperaturas do clima local.

Se isto ocorresse originaria um problema no meio-ambiental, mas também político, uma vez que as nações com territórios no Oceano Glaciar Ártico poderiam aceder com mais facilidade aos valiosos recursos naturais desta zona do planeta, ainda por explorar.

HN

Lusa/fim

 

"Os grandes benefeciários depois de o planeta entrar na anarquia por causa dos alimentos, das doenças, das catástrofes naturais, das guerras, da ecónomia desaparecer, serão aquleles que estão mais perto da criação, ou seja os povos que ainda vivem na idade da pedra. Esses povos um dia evoluirão e contarão histórias de um povo mundial que quase destruiu o planeta, mas o planeta não deixou e acabou com eles ..."

 

comentário de Banzé

 

Banzé, não sei quem és, mas gostei dessa. A verdade é que a maioria dos seres humanos não se interessa por esta realidade - muitos nem fazem reciclagem porque dá muito trabalho! Gere-se a Terra como muitos gerem o dinheiro - é gastar até rebentar, sem pensar no amanhã! Ó triste raça humana! 

  

Se calhar até há interesses obscuros para que haja o degelo e possa haver a exploração dos tais recursos... Já não digo nada. Afinal, qual é esse principal recurso?? Um degelo causará muitas mortes? O que tem tido mais valor, a vida humana ou os tais "recursos"?

 

Mas acredito que a Natureza tenha processos que punir as "pulgas virulentas" que a tentam destruir - gostava é que fosse selectiva e pudesse varrer a muita merda que anda por aí.  

  

Este mundo não é nosso! È de todas as formas de vida que o habitam! E é das gerações futuras!

 

E confirmando a minha "suspeita", deixada neste post a 28 de Junho, eis que surge este artigo:

 

A região árctica do globo esconde no seu subsolo 100 mil milhões de barris de petróleo por explorar, declarou esta segunda-feira, em Madrid, um geólogo norte-americano que trabalha para o governo.

"O Árctico está praticamente inexplorado", declarou Donald Gautier por ocasião do Congresso Mundial do Petróleo em Madrid. Há 100 mil milhões de barris por descobrir no Árctico", acrescentou.

Donald Gautier declarou que em todo o mundo "pode apostar-se numa probabilidade de 50% de hipóteses de que haja mais de 500 mil milhões de barris de petróleo convencionais em jazidas que ainda não foram descobertas".

As disputas de soberania que envolvem o Árctico representam os principais entraves ao desenvolvimento destes recursos, segundo Gautier, para quem as tecnologias não constituem um obstáculo. "O verdadeiro debate, é o acesso à plataforma continental ", estima.

Cinco países com costas no oceano Árctico (Canadá, Dinamarca, Noruega, Rússia e Estados Unidos) disputam a soberania destas águas. Em Junho, o Governo canadiano cedeu os direitos de exploração de três blocos 'offshore' aos grupos petrolíferos BP, ConocoPhillips e MGM Energy .

 

 JN - 1 de Julho de 2008

publicado por sá morais às 23:34
link do post | comente aqui! | ver comentários (1) | favorito

IdeiasFixas

pesquisar

 

Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
31


conversa recente

Retratos ( reais ) de Vis...

A "outra" verdade sobre V...

Viseu: qualidade de vida ...

Viseu: Qualidade de Vida ...

A verem-se gregos, não pa...

OPORTUNIDADE!

Goor - A Crónica de Feagl...

Goor - A Crónica de Feagl...

Natal 2011 - Regresso dos...

Regresso dos Deuses - Reb...

Ficheiros

Dezembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Agosto 2013

Janeiro 2013

Fevereiro 2012

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

tags

todas as tags

Amigos e Conhecidos

subscrever feeds